Aconteceu na manhã desta quarta-feira 04/07, em frente a sede do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene (CIMAMS, a entrega das 10 primeiras ambulâncias de um total de 110, resultado de licitação realizada pelo consórcio e conseguida através da ata de registro de preços.

Nesta primeira etapa, os municípios contemplado são: Botumirim (1), Grão Mogol (2), Mirabela (1), Padre Carvalho (2), Rio Pardo de Minas (1), Varzelândia (1), e Cristália (1).

Na solenidade de entrega das ambulâncias, o presidente do CIMAMS e prefeito de Matias Cardoso, Edmárcio Moura Leal, conclamou aos prefeitos a participarem mais do consórcio com suas ideias e sugestões. Disse que o Consórcio é uma importante ferramenta para ajudar os prefeitos na solução para o desenvolvimento da gestão municipal e na melhoria da qualidade de vida dos seus munícipes.

 

 

“Estamos cumprindo o objetivo do municipalismo que é de incentivar os nossos colegas gestores a se organizarem através do consórcio, como alternativa para atender as determinações legais e melhorar a qualidade do gasto e a eficiência dos serviços públicos na nossa região”, explicou Edmárcio Leal.

O secretário executivo do CIMAMS, professor Luiz Lôbo, fez uma rápida explanação sobre o atual momento do consórcio e do seu crescimento e da sua consolidação, chegando atualmente ao número de 80 municípios filiados e com a possível chegada de mais 15, da região do Jequitinhonha, que estão prestes a se filiarem.

Lôbo fez questão de destacar a parceria do Ministério Público de Minas Gerais que tem ajudado na transparência das licitações e nas ações realizadas pelo consórcio.

As ambulâncias entregues são Fiorino, modelo 2018, zero quilômetro, com um ano de garantia, de simples remoção (tipo A), como motor biocombustível (álcool/gasolina) de no mínimo 1.4L, com sistema de injeção eletrônica, tipo furgão flex, com motor mínimo de 1.6, na cor branca. Elas vêm com direção hidráulica, maca, balão de oxigênio e ar-condicionado.

As ambulâncias adquiridas pelos municípios consorciados são resultados das indicações das emendas parlamentares dos deputados federais, no orçamento do Ministério da Saúde.

Arthur Júnior
ASCOM/CIMAMS

Norte de Minas, quarta-feira, 4 de julho de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *